Disciplinas e Ementas

MESTRADO:

Estrutura Curricular

O mestrado possui um total de 42 créditos e 714 horas de disciplinas, assim distribuídos: 
  •  10 créditos em Disciplinas Obrigatórias; 
  •  16 créditos em Disciplinas Optativas;
  •  10 créditos referentes à Dissertação
  •  06 créditos em Atividades Obrigatórias
Disciplinas Obrigatórias:
 
As disciplinas a seguir são comuns a todas as linhas de pesquisa, sendo desenvolvidas, preferencialmente, no 1º semestre do Curso de Mestrado.
 
Disciplinas Optativas:
 
Cursadas por interesse da(o) aluna(o) com indicação da orientadora ou orientador, visam complementar o conhecimento nas linhas específicas, envolvendo quaisquer disciplinas aprovadas e oferecidas pelo Colegiado da Pós-Graduação. A (o) estudante poderá cursar até 8 créditos em optativas em outros programas de outros cursos reconhecidos da UFBA, desde que autorizado pela(o) Orientador (a) e aprovado em Colegiado.
 
Atividades Curriculares Obrigatórias:
 
Conforme as Normas Complementares para os Cursos de Pós-Graduação da UFBA - Projeto de Dissertação; Pesquisa Orientada e Tirocínio Docente Orientado são consideradas atividades curriculares obrigatórias do Curso de Mestrado, tendo a seguinte codificação e carga horária semestral:

 

Disciplinas Obrigatórias para o Mestrado

Seminários Multidisciplinares em Pesquisa

Ementa: Esta curso tem como objetivo explorar questões relativas aos fundamentos teórico-metodológicos da pesquisa quantitativa e qualitativa e seus usos nas ciências humanas e sociais Serão abordados aspectos das diversas concepções que dão suporte à pesquisa, a partir de uma perspectiva multidisciplinar.
Carga Horária: 85h
Creditação: 5
 
Seminário de Teoria Feminista I
Ementa: Este curso tem como objetivo explorar questões relativas ao projeto feminista, analisando, por um lado, os fundamentos teórico-metodológicos da crítica feminista à teoria social e, por outro, a contribuição desta última para a construção da teoria feminista contemporânea, com especial atenção à análise do gênero como elemento construtor das sociedades humanas, suas histórias, ideologias, sistemas econômicos e estruturas políticas
Carga Horária: 85h
Creditação: 5
 
Disciplinas Optativas para o Mestrado
 
Cultura, Mídia e Gênero
Ementa: A disciplina pretende estabelecer uma relação dialógica entre cultura mídia e gênero, buscando acompanhar a trajetória da identidade feminina e/ou das relações entre o feminino e o masculino em diferentes materiais simbólicos, especialmente naqueles produtos presentes no mundo contemporâneo.
Com este objetivo, serão analisadas as criações simbólicas provenientes de diferenciados campos da cultura e da mídia, através do acionamento de diversos procedimentos metodológicos de leitura. A disciplina busca compreender a emergência da temática feminina na cultura e na mídia contemporânea.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
TEE- Educação, Sexualidade e Gênero
Ementa: Estudo das relações entre educação, práxis pedagógica e sexualidade humana; gênero como categoria de análise. Sexualidade – gênero: aspectos bio-psico-históricos e sociais. Sexualidade e geração. Gênero, raça e classe social. Práticas pedagógicas de educação em sexualidade.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Políticas de Saúde
Ementa: Aborda a relação entre o Estado a formulação e a implementação das políticas de saúde no Brasil. Analisa os mecanismos de formulação das políticas de saúde, sua operacionalização e impacto na qualidade de vida da população. Aborda propostas alternativas de organização de sistemas de saúde e o processo de democratização da saúde, enquanto elementos fundamentais para a construção da cidadania. Estuda as repercussões das políticas de saúde para a prática da enfermagem.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
TE- Gênero e Saúde
Ementa: Aborda a saúde sexual e reprodutiva humana, privilegiando análises a partir das categorias de gênero, raça e classe social. Reconceituação da saúde reprodutiva a partir de perspectivas feministas. Sexualidade e reprodução feminina e masculina. O papel do gênero na construção histórica do conhecimento sobre o corpo. Desigualdades de gênero, raça e classe na prestação do cuidado em saúde e na enfermagem.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Estudos Feministas
Ementa: Esta disciplina tem como objetivo explorar questões relativas ao projeto feminista nas ciências sociais, analisando, por um lado, os fundamentos epistemológicos e teórico-metodológicos da crítica feminista à teoria social e, por outro, a contribuição desta última para a construção da teoria feminista contemporânea.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Dinâmica das Relações de Gênero, Raça e Classe
Ementa: Discussão dos fundamentos teórico-metodológicos da análise da diferenciação/ articulação das relações sociais de gênero, raça/etnia e classe na sociedade brasileira, tanto através da história quanto na atualidade. O programa será abordado a partir de uma perspectiva feminista, privilegiando o enfoque de gênero como categoria analítica e enquanto categoria histórica. Retrata, assim, a trajetória da construção da problemática do gênero, com especial atenção para as discussões centradas na diferenciação de situação de classe e racial/étnica das categorias de gênero e como tais recortes incidem na organização doméstico-familiar, no mundo do trabalho e na constituição de sujeitos políticos.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Estudos sobre Gênero e Trabalho
Ementa: Discussão e análise dos estudos sobre relações de gênero e trabalho/mulher na força de trabalho no Brasil, a luz de uma revisão crítica da teoria feminista em torno dessa temática. Ênfase no debate atual sobre gênero, divisão do trabalho e globalização, com especial atenção às novas tendências do trabalho feminino no processo de internacionalização do capital. Discute as implicações dos modos de organização e impacto sobre a saúde.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Sociologia das gerações e do processo de envelhecimento
Ementa: Esta disciplina visa oferecer elementos teóricos para reflexão sobre o conteúdo de uma Sociologia das Gerações – algo não-tranquilamente estabelecido, tanto pela multiplicidade de sentidos postos sobre o termo Geração, quanto pela relativa escassez de contribuições existente nesse âmbito. Propõe-se deslocar o fulcro, longamente estabelecido, de "geração" como uma espécie de sinonímia com "juventude", para categorizar Relações entre as várias Gerações e sua dinâmica sócio-histórica; finalizando-se por direcionar os elementos de análise para as gerações que estão em processo direto de envelhecimento.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Gênero e Sexualidades
Ementa: A partir da contribuição da teoria feminista buscar-se apreender a construção social da sexualidade humana articulando as categorias gênero, geração, raça e classe social
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Fundamentos da teoria de gênero
Ementa: Aprofundamento teórico sobre as principais correntes conceituais da problemática do gênero e sua relação com os estudos do poder. Gênero como uma construção do Feminismo, as teorias de gênero. Dinâmica de gênero, raça e classe.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
A Mulher na América Latina
Ementa: Estudo das mulheres na trajetória de formação da América Latina à luz das discussões sobre gênero e classe, buscando identificar a presença das mulheres em diversos nichos na História da América Hispânica.
Carga Horária: 60h
Creditação: 4
 
Gênero, desenvolvimento e políticas públicas
Ementa: Essa disciplina busca fornecer elementos teóricos sobre políticas públicas e de desenvolvimento e a aplicabilidade do conceito de gênero no âmbito do Estado brasileiro, com ênfase na analise da situação das mulheres e das características das relações de gênero estabelecidas em seu interior. A disciplina incorpora elementos conceituais e instrumentos metodológicos para a incorporação do conceito de gênero no planejamento e acompanhamento de políticas públicas.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Gênero e poder
Ementa: Esta disciplina tem por objetivo oferecer aos alunos dos cursos de pós-graduação elementos teórico-metodológicos para a construção de uma critica feminista ao pensamento político clássico e contemporâneo, através da contribuição de teóricas feministas, com especial ênfase nas questões do poder, da cidadania, da democracia, das políticas públicas.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Gênero e Teoria do Estado
Ementa: Estudo das principais correntes de pensamento feminista contemporâneo na perspectiva do Estado; as práxis feminista junto ao Estado. A dinâmica do poder na relação publico/privado A questão da democracia e a participação cidadã. Direitos Humanos das Mulheres, A especificidade da participação política da mulher, a problemática da participação e representação.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Metodologia Científica
Ementa: Noções de epistemologia e fundamentos da metodologia cientifica nas ciências humanas e de saúde. Teorias do método, elaboração de projetos, métodos e técnicas de pesquisa. A metodologia de Pesquisa na perspectiva feminista..
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Gênero nas Ciências
Ementa: Análise dos conteúdos, conceitos e das metodologias utilizadas e formuladas pelas ciências, numa perspectiva de gênero. Tem por objetivo reconhecer o viés androcêntrico que atravessa as ciências, expresso em aspectos estruturais, epistemológicos e metodológicos; analisar o ensino das ciências nas escolas de níveis fundamental e médio como reprodutor dos estereótipos de gênero no campo cognitivo e estrutural; reconhecer o papel da escola na superação das assimetrias de gênero na sociedade, a partir de sua contribuição na construção da identidade feminina.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Gênero e História
Ementa: Esta disciplina tem por objetivo oferecer aos alunos dos cursos de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) elementos teórico-metodológicos para a construção de um conhecimento aprofundado do conceito de gênero e relações de gênero e suas implicações na História das Mulheres, com o objetivo de introduzir novas maneiras de identificar e analisar a matéria histórica e fazer uma revisão crítica do conhecimento histórico androcentrico. A releitura da história a partir da ótica de gênero implica na reconsideração do sentido do passado, do significado da estruturação do processo histórico ou a reinterpretação dos dados empíricos ou de ordem simbólica.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Prática de Elaboração de Projetos de Intervenção Social
Ementa: Técnica e elaboração de projetos de intervenção social na perspectiva de gênero a partir de diagnósticos locais; o planejamento estratégico; elaboração de marco zero; avaliação e monitoramento de políticas sociais.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Linguagem e gênero
Ementa: A partir dos conceitos de cultura e de linguagem, propõe-se a análise dos discursos hegemônicos que organizam e engendram o comportamento da mulher e do homem na sociedade ocidental. Busca identificar como a cultura “domestica” o olhar, o comportamento e engendra as regras de conduta da mulher na sociedade burguesa, bem como identificar como as artes, designadas eruditas, forjaram o código de comportamento da mulher e foram cooptadas para o engendramento das práticas sociais da burguesia.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Estudo de Expressões Identitárias
Ementa: Estudo das expressões de gênero e/ou etnia e/ou nacionalidade na literatura e na cultura.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Atividades Obrigatórias para o Mestrado
 
Pesquisa Orientada para Mestrado
Carga Horária: 34h
Creditação: 0
 
Tirocínio Docente Orientado
Ementa: Departamento de CIência Política
Carga Horária: 34h
Creditação: 0
 
Projeto de Dissertação
Carga Horária: 34h
Creditação: 0
 
DOUTORADO:
 
Estrutura Curricular
 
O doutorado possui um total de 84 créditos e 1428 horas de disciplinas, assim distribuídos: 
 
  • 10 créditos em Disciplinas Obrigatórias; 
  • 24 créditos em Disciplinas Optativas;
  • 10 créditos em Atividades Obrigatórias
  • 40 créditos referentes a Tese
 
Disciplinas Obrigatórias:
 
As disciplinas a seguir são comuns a todas as linhas de pesquisa, sendo desenvolvidas, preferencialmente, nos 2 primeiros semestres do Curso de Doutorado.
 
Disciplinas Optativas:
 
Cursadas por interesse da(o) aluna(o) com indicação da orientadora ou orientador, visam complementar o conhecimento nas linhas específicas, envolvendo quaisquer disciplinas aprovadas e oferecidas pelo Colegiado da Pós-Graduação. As(os) alunas(os) do Doutorado poderão cumprir até 12 créditos em outros programas de outros cursos reconhecidos da UFBA, desde que autorizado pelo(a) prof. Orientador e aprovado em Colegiado.
 
Atividades Curriculares Obrigatórias:
 
Conforme as Normas Complementares para os Cursos de Pós-Graduação da UFBA - Projeto de Tese; Pesquisa Orientada e Tirocínio Docente Orientado são consideradas atividades curriculares obrigatórias do Curso de Doutorado, bem como a participação em grupos de pesquisa e publicação de artigos, tendo a seguinte codificação e carga horária semestral:
 
 
Disciplinas Obrigatórias para o Doutorado
 
Seminários Multidisciplinares em Pesquisa
Ementa: Esta curso tem como objetivo explorar questões relativas aos fundamentos teórico-metodológicos da pesquisa quantitativa e qualitativa e seus usos nas ciências humanas e sociais Serão abordados aspectos das diversas concepções que dão suporte à pesquisa, a partir de uma perspectiva multidisciplinar.
Carga Horária: 85h
Creditação: 5
 
FCHA55 Seminário de Teoria Feminista II
Ementa: Este curso tem como objetivo explorar questões relativas ao projeto feminista, analisando, por um lado, os fundamentos teórico-metodológicos da crítica feminista à teoria social e, por outro, a contribuição desta última para a construção da teoria feminista contemporânea, com especial atenção à análise do gênero como elemento construtor das sociedades humanas, suas histórias, ideologias, sistemas econômicos e estruturas políticas.
Para estudantes oriundos de outros programas é necessário cumprir Seminario de Teoria Feminista I como pré-requisito
Carga Horária: 85h
Creditação: 5
 
Disciplinas Optativas para o Doutorado
 
Cultura, Mídia e Gênero
Ementa: A disciplina pretende estabelecer uma relação dialógica entre cultura mídia e gênero, buscando acompanhar a trajetória da identidade feminina e/ou das relações entre o feminino e o masculino em diferentes materiais simbólicos, especialmente naqueles produtos presentes no mundo contemporâneo.
Com este objetivo, serão analisadas as criações simbólicas provenientes de diferenciados campos da cultura e da mídia, através do acionamento de diversos procedimentos metodológicos de leitura. A disciplina busca compreender a emergência da temática feminina na cultura e na mídia contemporânea.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
TEE- Educação, Sexualidade e Gênero
Ementa: Estudo das relações entre educação, práxis pedagógica e sexualidade humana; gênero como categoria de análise. Sexualidade – gênero: aspectos bio-psico-históricos e sociais. Sexualidade e geração. Gênero, raça e classe social. Práticas pedagógicas de educação em sexualidade.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Políticas de Saúde
Ementa: Aborda a relação entre o Estado a formulação e a implementação das políticas de saúde no Brasil. Analisa os mecanismos de formulação das políticas de saúde, sua operacionalização e impacto na qualidade de vida da população. Aborda propostas alternativas de organização de sistemas de saúde e o processo de democratização da saúde, enquanto elementos fundamentais para a construção da cidadania. Estuda as repercussões das políticas de saúde para a prática da enfermagem.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
TE- Gênero e Saúde
Ementa: Aborda a saúde sexual e reprodutiva humana, privilegiando análises a partir das categorias de gênero, raça e classe social. Reconceituação da saúde reprodutiva a partir de perspectivas feministas. Sexualidade e reprodução feminina e masculina. O papel do gênero na construção histórica do conhecimento sobre o corpo. Desigualdades de gênero, raça e classe na prestação do cuidado em saúde e na enfermagem.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Estudos Feministas
Ementa: Esta disciplina tem como objetivo explorar questões relativas ao projeto feminista nas ciências sociais, analisando, por um lado, os fundamentos epistemológicos e teórico-metodológicos da crítica feminista à teoria social e, por outro, a contribuição desta última para a construção da teoria feminista contemporânea.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Dinâmica das Relações de Gênero, Raça e Classe
Ementa: Discussão dos fundamentos teórico-metodológicos da análise da diferenciação/ articulação das relações sociais de gênero, raça/etnia e classe na sociedade brasileira, tanto através da história quanto na atualidade. O programa será abordado a partir de uma perspectiva feminista, privilegiando o enfoque de gênero como categoria analítica e enquanto categoria histórica. Retrata, assim, a trajetória da construção da problemática do gênero, com especial atenção para as discussões centradas na diferenciação de situação de classe e racial/étnica das categorias de gênero e como tais recortes incidem na organização doméstico-familiar, no mundo do trabalho e na constituição de sujeitos políticos.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Estudos sobre Gênero e Trabalho
Ementa: Discussão e análise dos estudos sobre relações de gênero e trabalho/mulher na força de trabalho no Brasil, a luz de uma revisão crítica da teoria feminista em torno dessa temática. Ênfase no debate atual sobre gênero, divisão do trabalho e globalização, com especial atenção às novas tendências do trabalho feminino no processo de internacionalização do capital. Discute as implicações dos modos de organização e impacto sobre a saúde.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Sociologia das gerações e do processo de envelhecimento
Ementa: Esta disciplina visa oferecer elementos teóricos para reflexão sobre o conteúdo de uma Sociologia das Gerações – algo não-tranquilamente estabelecido, tanto pela multiplicidade de sentidos postos sobre o termo Geração, quanto pela relativa escassez de contribuições existente nesse âmbito. Propõe-se deslocar o fulcro, longamente estabelecido, de "geração" como uma espécie de sinonímia com "juventude", para categorizar Relações entre as várias Gerações e sua dinâmica sócio-histórica; finalizando-se por direcionar os elementos de análise para as gerações que estão em processo direto de envelhecimento.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Gênero e Sexualidades
Ementa: A partir da contribuição da teoria feminista buscar-se apreender a construção social da sexualidade humana articulando as categorias gênero, geração, raça e classe social
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Fundamentos da teoria de gênero
Ementa: Aprofundamento teórico sobre as principais correntes conceituais da problemática do gênero e sua relação com os estudos do poder. Gênero como uma construção do Feminismo, as teorias de gênero. Dinâmica de gênero, raça e classe.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
A Mulher na América Latina
Ementa: Estudo das mulheres na trajetória de formação da América Latina à luz das discussões sobre gênero e classe, buscando identificar a presença das mulheres em diversos nichos na História da América Hispânica.
Carga Horária: 60h
Creditação: 4
 
Gênero, desenvolvimento e políticas públicas
Ementa: Essa disciplina busca fornecer elementos teóricos sobre políticas públicas e de desenvolvimento e a aplicabilidade do conceito de gênero no âmbito do Estado brasileiro, com ênfase na analise da situação das mulheres e das características das relações de gênero estabelecidas em seu interior. A disciplina incorpora elementos conceituais e instrumentos metodológicos para a incorporação do conceito de gênero no planejamento e acompanhamento de políticas públicas.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Gênero e poder
Ementa: Esta disciplina tem por objetivo oferecer aos alunos dos cursos de pós-graduação elementos teórico-metodológicos para a construção de uma critica feminista ao pensamento político clássico e contemporâneo, através da contribuição de teóricas feministas, com especial ênfase nas questões do poder, da cidadania, da democracia, das políticas públicas.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Gênero e Teoria do Estado
Ementa: Estudo das principais correntes de pensamento feminista contemporâneo na perspectiva do Estado; as práxis feminista junto ao Estado. A dinâmica do poder na relação publico/privado A questão da democracia e a participação cidadã. Direitos Humanos das Mulheres, A especificidade da participação política da mulher, a problemática da participação e representação.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Metodologia Científica
Ementa: Noções de epistemologia e fundamentos da metodologia cientifica nas ciências humanas e de saúde. Teorias do método, elaboração de projetos, métodos e técnicas de pesquisa. A metodologia de Pesquisa na perspectiva feminista..
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Gênero nas Ciências
Ementa: Análise dos conteúdos, conceitos e das metodologias utilizadas e formuladas pelas ciências, numa perspectiva de gênero. Tem por objetivo reconhecer o viés androcêntrico que atravessa as ciências, expresso em aspectos estruturais, epistemológicos e metodológicos; analisar o ensino das ciências nas escolas de níveis fundamental e médio como reprodutor dos estereótipos de gênero no campo cognitivo e estrutural; reconhecer o papel da escola na superação das assimetrias de gênero na sociedade, a partir de sua contribuição na construção da identidade feminina.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Gênero e História
Ementa: Esta disciplina tem por objetivo oferecer aos alunos dos cursos de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) elementos teórico-metodológicos para a construção de um conhecimento aprofundado do conceito de gênero e relações de gênero e suas implicações na História das Mulheres, com o objetivo de introduzir novas maneiras de identificar e analisar a matéria histórica e fazer uma revisão crítica do conhecimento histórico androcentrico. A releitura da história a partir da ótica de gênero implica na reconsideração do sentido do passado, do significado da estruturação do processo histórico ou a reinterpretação dos dados empíricos ou de ordem simbólica.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Prática de Elaboração de Projetos de Intervenção Social
Ementa: Técnica e elaboração de projetos de intervenção social na perspectiva de gênero a partir de diagnósticos locais; o planejamento estratégico; elaboração de marco zero; avaliação e monitoramento de políticas sociais.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Linguagem e gênero
Ementa: A partir dos conceitos de cultura e de linguagem, propõe-se a análise dos discursos hegemônicos que organizam e engendram o comportamento da mulher e do homem na sociedade ocidental. Busca identificar como a cultura “domestica” o olhar, o comportamento e engendra as regras de conduta da mulher na sociedade burguesa, bem como identificar como as artes, designadas eruditas, forjaram o código de comportamento da mulher e foram cooptadas para o engendramento das práticas sociais da burguesia.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Estudo de Expressões Identitárias
Ementa: Estudo das expressões de gênero e/ou etnia e/ou nacionalidade na literatura e na cultura.
Carga Horária: 68h
Creditação: 4
 
Atividades Obrigatórias para o Doutorado
 
Estágio Docente orientado/Doutorado (Somente para alunos bolsistas)
Carga Horária: 0h
Creditação: 0
 
Tirocínio Docente Orientado
Ementa: Departamento de CIência Política
Carga Horária: 34h
Creditação: 0
 
Pesquisa Orientada para Doutorado
Carga Horária: 34h
Creditação: 0
 
Projeto de Tese
Carga Horária: 51h
Creditação: 0
 
Participação em Grupo de Pesquisa
Carga Horária: 34h
Creditação: 0
 
Publicação
Carga Horária: 0h
Creditação: 0